O Mormonismo e a Suposta Corrupção das Escrituras.

Mormonismo e a suposta corrupção das escrituras.

 Por Ryan Turner – Tradução David Brito

O oitavo artigo de fé no mormonismo afirma: "Nós acreditamos que a Bíblia é a palavra de Deus, desde que esteja traduzida corretamente". Além disso, os mórmons frequentemente afirmam que muitas "verdades claras e preciosas" foram removidas da Bíblia. O que essas "verdades claras e preciosas" são exatamente eles não dizem. 1

A confiabilidade das escrituras

Há uma série de respostas a esta ousada reivindicação mórmon.

Primeiro de tudo, há evidências históricas substanciais que demonstram a confiabilidade de ambos os textos, do Antigo e do Novo Testamento. Os Manuscritos do Mar Morto demonstram que há mais de mil anos o Antigo Testamento foi preservado com um notável grau de precisão.2 Temos mais de 10.000 manuscritos do Antigo Testamento.

Quanto ao Novo Testamento, o grau de precisão é notável. Temos mais de 25.000 manuscritos do Novo Testamento. Os primeiros manuscritos do Novo Testamento vem de apenas 30 anos após o último livro foi escrito.3 Mesmo que perdêssemos todos os manuscritos do Novo Testamento, que somam mais de 25 mil, ainda não seriamos deixados sem testemunho.

Teríamos, então, voltar-se para os escritos dos Pais da Igreja.

Os Pais da Igreja citam o Novo Testamento mais de 36.000 vezes nos primeiros séculos após a escrita do Novo Testamento. Podemos reconstruir todo o Novo Testamento, menos cerca de 11 versículos, a partir apenas das citações dos pais da igreja.

 Erros nas cópias em alguns manuscritos.

Deve-se admitir que houvesse erros na transmissão ou cópia da Bíblia através dos mais de dois mil anos em que as copias originais foram feitas, mas esses erros não afetam nenhuma doutrina principal, tais como a existência de um só Deus verdadeiro em toda a existência, a salvação pela fé, Jesus é Deus na carne, etc

A maioria desses erros são apenas pequenas variações de ortografia, pontuação ou lapsos óbvios da pena dos copistas que são conhecidos e podem ser corrigidas por meio da comparação do grande número de manuscritos disponíveis. Há toda uma disciplina de crítica textual que busca obter uma leitura mais precisa de vários textos bíblicos.

O processo de tradução

Muitos mórmons têm a ideia de que a Bíblia foi traduzida do grego, em seguida, para o latim, em seguida, para Inglês ou outro idioma. Pensam temos de traduzir a Bíblia três ou quatro vezes antes de chegarmos a nossa versão em Português. Mas não é assim que acontece. Podemos traduzir a Bíblia diretamente do hebraico para o português, o aramaico para o português, ou grego para o português. Não há necessidade de traduzi-lo um par de vezes, através de um par de línguas, a fim de obter a tradução em português.

Verdades claras e preciosas

Outra questão importante a considerar é a natureza das "verdades claras e preciosas" que foram supostamente removidas durante a transmissão da Bíblia. É fácil fazer a afirmação que a Bíblia foi intencionalmente modificada e as principais doutrinas foram removidas. No entanto, Pergunto aos mórmons; Quais evidencias existem sobre as supostas "verdades claras e preciosas" que foram removidas? Quando e quais das antigas cópias manuscritas da Bíblia encontraramos a noção de que; (1) que Jesus era o irmão espiritual de Satanás, (2) Deus, o Pai era uma vez um homem que alcançou a divindade, (3) Deus, o Pai era uma vez possivelmente profano e pecador, (4) Deus, o Pai tinha um pai antes dele, (5) os seres humanos são inteligências preexistentes que podem se tornar deuses de seu próprio planeta, assim como Deus, o Pai, (6) Deus Pai é apenas o Deus de este mundo, e há outros deuses verdadeiro para outras pessoas em outros lugares para adoração, (7) uma autoridade Aarônica ou de um sacerdócio ordenado por Melquisedeque?, etc. 4

Não há nenhuma evidência textual em nenhum manuscrito que apoia a noção de qualquer uma dessas grandes doutrinas da Igreja Mórmon. Assim, para o mórmon poder afirmar que estas "verdades claras e preciosas", sejam elas quais forem, foram retiradas da Bíblia, cabe a eles o ônus da prova. 

__________________________________________________
 

 

  • 1. O Livro de Mórmon igualmente alude a essa corrupção da Bíblia em 1 Néfi 13:26: "E depois de sair pela mão dos doze apóstolos do Cordeiro, dos judeus aos gentios, vês a formação daquela grande e abominável igreja, que é o mais abominável de todas as igrejas, porque eis que tiraram do evangelho do Cordeiro muitas partes que são claras e sumamente preciosas;., e também muitos convênios do Senhor foram tirados "
  • 2. O Livro Completo do Rolo de Isaías que foi descoberto continha apenas dez ou mais variações em comparação com o texto massorético de 900 dC
  • 3. O John Rylands Papiros de 117-138 AD, que é  cerca de 30 anos após a escrita do Evangelho de João, em 90-100 dC
  • 4. É interessante notar que não há nenhuma evidência para qualquer uma dessas principais doutrinas no Livro de Mórmon! O Livro de Mórmon é surpreendentemente ortodoxo em relação à Doutrina e Convênios e outros escritos mais tardios da igreja e dos profetas mórmons.